top of page
parceiros-dermaconecta.png

DAPP Dermatite alérgica a picada de pulga

O que é a dermatite alérgica à picada de pulga?

A Dermatite Alérgica à Picada de Pulga (DAPP) é uma condição dermatológica comum em cães e gatos que ocorre como uma resposta alérgica à picada de pulgas.


O que causa a dermatite alérgica?

Essa doença consiste em uma reação de hipersensibilidade induzida por antígenos salivares que são injetados por via intradérmica durante a alimentação da pulga.


As pulgas (Ctenoceohalides felis) são preferencialmente encontradas em locais de clima úmido e quente. Ao se alimentar, essas pulgas injetam saliva que contém uma variedade de compostos semelhantes à histamina, enzimas, polipeptídeos e aminoácidos que induzem reações de hipersensibilidade tipo I e IV. As interleucinas envolvidas na DAPP são principalmente IL4, IL5 e IL13.


Sintomas em cães

Os sinais clínicos associados à DAPP depende de fatores como duração da enfermidade, nível de alergia do animal, grau de infestação etc. Porém, de maneira geral, os cães acometidos pela DAPP apresentam lesões localizadas preferencialmente na região lombossacra (“triângulo da DAPP”). As lesões se cracterizam por alopecia, descamação e lesões papulocrostosas distribuídas na região lombar. Em casos crônicos pode haver hiperpigmentação, liquenificação da pele e seborreia.


O prurido (coceira) encontrado é de moderado a intenso e é comum os cães ficarem inquietos se coçando, lambendo, esfregando e mordiscando a pele. Não há predisposição racial ou sexual!


Sintomas em gatos

Em gatos é comum a chamada “dermatite miliar”. A dermatite miliar é caracterizada por lesões papulares encimadas por crostas, semelhantes a grãos de milho, daí o nome "miliar". Essas lesões podem ser observadas principalmente na região dorsal do gato, ao longo da linha média do corpo, mas também podem ocorrer em outras áreas, como pescoço, cabeça e base da cauda.


Além disso, existem outros tipos de padrões de reação cutanea em gatos como: alopecia simétrica e complexo granuloma eosinofilico.


Como é feito o diagnóstico da dermatite alérgica à picada de pulga?

O diagnóstico da Dermatite Alérgica à Picada de Pulga (DAPP) é estabelecido com base na anamnese, na distribuição característica das lesões e, quando possível, na detecção de pulgas. É importante ressaltar que nem sempre a presença de pulgas é claramente observada, mas isso não compromete o diagnóstico.


Diagnóstico diferencial: dermatite atópica, dermatite trofoalérgica, piodermite, demodiciose, entre outros.


**Consultar um médico veterinário é fundamental para obter um diagnóstico preciso! Embora possamos fornecer informações úteis, apenas um profissional qualificado pode oferecer orientações específicas e um plano de tratamento adequado para o seu pet.


Tratamento

O tratamento da DAPP envolve algumas principais medidas:

  1. Controle antipulgas no animal

  2. Controle antipulgas nos animais contactantes

  3. Controle/manejo ambiental para controle das pulgas (uso de produtos pulicidas)

  4. Tratamento antipruriginoso quando necessário

O gerenciamento bem-sucedido da DAPP depende, em última instância, da eliminação da fonte do desafio alergênico – a pulga. A terapia da DAPP inclui um rigoroso controle de pulgas onde pode-se utilizar produtos antipulgas por via tópica ou oral. Todos os animais contactantes (cães e gatos) devem receber tratamento com produtos antipulgas.


Antipulgas tópicos: em breve


Antipulgas orais: spinosad, isoxazolinas


O manejo ambiental desempenha um papel crucial no controle da Dermatite Alérgica à Picada de Pulgas. Para garantir um controle efetivo da DAPP, é necessário adotar uma abordagem abrangente que inclua o manejo adequado do ambiente em que o animal vive. Nesse contexto, o controle profissional antipulgas desempenha um papel importante no combate às infestações de pulgas, especialmente em situações de infestações graves ou persistentes que não são facilmente controladas pelos produtos antipulgas disponíveis para uso doméstico.


Os profissionais especializados em controle de pragas possuem o conhecimento e a experiência necessários para avaliar a gravidade da infestação por pulgas e determinar as melhores estratégias de controle. Eles realizarão uma inspeção minuciosa do ambiente, identificando áreas problemáticas e avaliando o nível de infestação. Com base nessa avaliação, eles desenvolverão um plano de controle personalizado, que pode incluir o uso de produtos antipulgas mais potentes e eficazes, muitos dos quais não estão disponíveis para uso doméstico. É importante destacar que o controle profissional antipulgas é seguro quando realizado por profissionais qualificados e licenciados. Eles estão cientes das melhores práticas em termos de segurança ambiental e saúde dos animais e seres humanos presentes no local.


Controle do prurido (coceira): Alguns animais com DAPP podem apresentar autotraumatismo por conta do prurido. Para tanto podem ser prescritos medicações antipruriginosas como glicocorticoides ou inibidores da JAK.


Principais causas de falhas no tratamento

Uso incorretos dos produtos antipulgas, falha no controle dos animais contactantes, interupção do tratamento, ausência de um controle ambiental adequado.


Informações importantes

Ao buscar orientação veterinária, você estará garantindo que seu animal receba um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado. O médico veterinário tem o conhecimento e a experiência necessários para avaliar os sintomas, realizar exames clínicos, interpretar resultados e recomendar o tratamento mais adequado para seu animal de estimação.


Lembramos que os sintomas ou condições de saúde podem ser causados por uma variedade de fatores e requerem uma abordagem individualizada. Portanto, evite fazer diagnóstico ou usar tratamentos com base em informações genéricas encontradas na internet.


Priorize o bem-estar do seu animal e agende uma consulta com um médico veterinário qualificado. Ao buscar atendimento profissional, você estará proporcionando ao seu pet os cuidados adequados e garantindo sua saúde e qualidade de vida.


Lembre-se: somente um médico veterinário pode fornecer um diagnóstico preciso e recomendar o tratamento apropriado para o seu animal de estimação.

Comments


newsletter-dermatologia.png

Newsletter

Mais recentes

banner-lateral.png

Categorias

bottom of page