top of page
parceiros-dermaconecta.png

Paraconiothyrium cyclothyrioides em cães e gatos

Atualizado: 21 de nov. de 2023

Paraconiothyrium cyclothyrioides: novo patógeno fúngico

Nessa semana, a revista Veterinary Dermatology publicou a primeira descrição do fungo Paraconiothyrium cyclothyrioides em cães e gatos.


Esse fungo, descrito como saprófito, tem sido considerado patógeno oportunista emergente na medicina humana, principalmente em pacientes adultos imunocomprometidos.


Apresentação clínica

Segundo o relato da Vet Dermatology, o cão em questão apresentava lesão úlcero-nodular no membro, enquanto o gato apresentava múltiplas lesões ulceradas e de difícil cicatrização nos quatro membros.


Diagnóstico fúngico

O exame citológico revelou múltiplas hifas fúngicas septadas. Realizaram-se também exame histopatológico, PCR e sequenciamento (NGS) o qual encontrou P. cyclothyrioides com 100% de similaridade (via NCBI Blast). Os autores negam a realização de cultura fúngica.


Tratamento

Até o momento, devido à raridade dos casos, não há protocolo terapêutico validado para esse tipo de infecção na medicina veterinária. No entanto, sugere-se a prescrição de azóis como tratamento empírico. O prognóstico ainda é incerto.


Os autores destacam a importância de considerar esse fungo em diagnósticos diferenciais de dermatopatias em cães e gatos.


Reemergência de dermatopatias fúngicas

Minha Perspectiva: acredito que a reemergência de fungos será uma preocupação crescente na dermatologia veterinária, especialmente devido ao uso crônico de imunossupressores em pacientes atópicos. A disbiose cutânea, muitas vezes subestimada, pode ser uma das responsáveis em abrir portas para fungos oportunistas.


Referência

Paraconiothyrium cyclothyrioides, a novel cutaneous fungal pathogen in a dog and a cat. Veterinary Dermatology, 2023



Sobre a autora

Dra Aline Santana é médica veterinária formada pela Universidade Federal de Viçosa, com residência em clínica médica de pequenos animais pela mesma instituição. Possui mestrado e doutorado em Ciências pelo Departamento de Clínica Médica da FMVZ/USP, com período de intercâmbio realizado no exterior (University of Minnesota, Estados Unidos). Desde 2012, Dra. Aline Santana é sócia da Sociedade Brasileira de Dermatologia Veterinária (SBDV). Durante o período de 2015 a 2021, atuou como diretora de mídias e colaboradora da SBDV.


Comments


newsletter-dermatologia.png

Newsletter

Mais recentes

banner-lateral.png

Categorias

bottom of page