top of page
parceiros-dermaconecta.png

Quando solicitar cultura bacteriana e teste de sensibilidade aos antibióticos?

A cultura bacteriana deve ser realizada sempre que exista um risco acrescido de desenvolvimento de resistência aos antibióticos, nomeadamente em casos de:


Piodermite profunda: muitas vezes associado a furunculose, surge sob a forma de lesões nodulares com fístulas supurativas. A colheita de amostras para cultura bacteriana e TSA deve ser realizada por biópsia para envio do tecido profundo.


Presença de bacilos na citologia: a citologia deve ser sempre realizada antes do envio do material para cultura, devendo o resultado ser reportado ao laboratório. A presença de bacilos tem sempre indicação para cultura bacteriana, visto corresponderem a bactérias que mais facilmente adquirirem resistências.


Presença de novas lesões 2 semanas após o início da antibioterapia: se continuam a surgir lesões novas mesmo com a administração de um antibiótico de primeira linha, podemos suspeitar de falha de compliance por parte do tutor ou de resistência aos antibióticos.


História de repetidas administrações de antibiótico ou de presença anterior de bactéria multirresistente no próprio animal ou num co-habitante.


Sobre a autora do texto

Médica Veterinária Daniela Matias. A Dra Daniela acumula 10 anos de experiência em Clínica de Animais de Companhia, com ênfase em Dermatologia e Alergologia veterinária. Possui pós-graduação em Dermatologia de Pequenos Animais pela Improve International, tendo recebido o General Practitioner Certificate in Dermatology pela European School of Veterinary Postgraduate Studies. Atualmente cursa seu doutorado na Universidade de Évora e trabalha com Dermatologia e Alergologia em pequenos animais, oferecendo consultas de primeira e segunda opinião, bem como consultas de referência.




Comments


newsletter-dermatologia.png

Newsletter

Mais recentes

banner-lateral.png

Categorias

bottom of page