top of page
parceiros-dermaconecta.png

Como avaliar a microbiota da pele de cães e gatos?

Atualizado: 7 de abr. de 2023

A microbiota da pele pode ser avaliada por diversas metodologias. Tanto em termos de coleta da amostra clínica quanto na escolha da análise de bioinformática.


Dois parâmetros são essenciais ao se avaliar a microbiota cutânea de cães e gatos:


1️⃣ Saber quem está na pele?


2️⃣ Em qual quantidade/proporção está?


Na análise #1 identifica-se quais microorganismos (usualmente fungos & bactérias) estão na pele.


Na análise #2 identifica-se qual proporção/distribuição estão esses microrganismos. Por exemplo: Dentre as bactérias, há predomínio de Staphylococcus ou Streptococcus? Dentre os fungos, qual é a distribuição relativa da Malassezia: 2%, 10% ou de quantos % de toda amostra fúngica sequenciada?


Essas duas perguntas (#quem? + #quanto?) são fundamentais na investigação da microbiota.


Independente da metodologia escolhida, o sucesso da análise depende desde a coleta clínica até a execução dos testes estatísticos. A investigação da #microbiota é complexa e requer conhecimento clínico, microbiológico e de bioinformática.

.

.

Crédito imagem: Rawpixel


🌎 Quer ficar por dentro das últimas novidades da#dermatologiaveterinaria



Qual é a função da microbiota da pele de cães e gatos?

#dermatologiaveterinaria#veterinarydermatology

Comments


newsletter-dermatologia.png

Newsletter

Mais recentes

banner-lateral.png

Categorias

bottom of page