top of page
parceiros-dermaconecta.png

Animais de estimação podem contribuir para reduzir o risco de alergias infantis

Atualizado: 30 de set. de 2023

Esta foi a conclusão que pesquisadores canadenses da Universidade de Alberta, chegaram e publicaram na conceituada revista Microbiome:


"O contato com pets na residência pode contribuir para reduzir o risco de alergias infantis"


Em um estudo envolvendo 746 bebês do Canadian Healthy Infant Longitudinal Development Study (CHILD), os pesquisadores exploraram o impacto da exposição a animais de estimação, seja durante a gravidez ou nos primeiros três meses após o nascimento, na composição da microbiota intestinal infantil.

Eles descobriram que a exposição a animais de estimação, principalmente cães e gatos, durante a gravidez ou no período pós-parto até três meses após o nascimento, resultou em um aumento significativo na presença de duas principais bactérias intestinais benéficas:

  • Ruminococos

  • Oscilospira


Essas bactérias têm sido associadas a taxas mais baixas de alergias infantis

Os pesquisadores sugerem que a exposição precoce a animais domésticos pode contribuir para uma diminuição do risco de doenças metabólicas e atópicas na infância. Claro, sempre mencionando que os pets estavam saudáveis.


Novas pesquisas são necessárias para elucidar completamente qual o impacto dos animais domésticos no microbioma humano.



Referência

Tun HM, Konya T, Takaro TK, Brook JR, Chari R, Field CJ, Guttman DS, Becker AB, Mandhane PJ, Turvey SE, Subbarao P, Sears MR, Scott JA, Kozyrskyj AL; CHILD Study Investigators. Exposure to household furry pets influences the gut microbiota of infant at 3-4 months following various birth scenarios. Microbiome. 2017


Sobre a autora

Dra Aline Santana é médica veterinária formada pela Universidade Federal de Viçosa, com residência em clínica médica de pequenos animais pela mesma instituição. Possui mestrado e doutorado em Ciências pelo Departamento de Clínica Médica da FMVZ/USP, com período de intercâmbio realizado no exterior (University of Minnesota, Estados Unidos). Desde 2012, Dra. Aline Santana é sócia da Sociedade Brasileira de Dermatologia Veterinária (SBDV). Durante o período de 2015 a 2021, atuou como diretora de mídias e colaboradora da SBDV.


Atenção: Este texto é uma criação original e está protegido pela lei de direitos autorais. Todos os direitos estão reservados à autora, sendo proibida a reprodução, distribuição, exibição ou qualquer forma de uso sem a expressa autorização por escrito da autora. Qualquer uso não autorizado do conteúdo deste website constitui violação dos direitos autorais e estará sujeito a medidas legais. Caso você tenha interesse em utilizar este texto ou parte dele, por favor, entre em contato através do seguinte endereço de e-mail: dermaconecta@gmail.com



Comments


newsletter-dermatologia.png

Newsletter

Mais recentes

banner-lateral.png

Categorias

bottom of page